A Textura “Q” em seu Texturômetro

Texturômetro
Pegajoso, Gomoso, Elástico, Mastigável. Estes não são adjetivos desejados na hora de descrever os alimentos.

Ou seja, tais palavras não são agradáveis dentro do universo gastronômico do mundo ocidental. Mas em Taiwan e, muitas vezes, em outras partes do Leste Asiático, a história é bem diferente. Esses adjetivos descrevem a textura amada: uma característica procurada e não evitada nos alimentos. Chamada de textura “Q”, trata-se da misteriosa característica do alimento que você nem sabia que estava faltando se você nunca teve a oportunidade de experimentar culinárias específicas da Ásia.

Esta foi a descrição recentemente escrita por Alison Spiegel, do site de notícias Huffington Post, em mais um artigo sobre seus insights em texturas de alimentos orientais…

Em seu livro, The Food Of Taiwan, a especialista em alimentos Cathy Erway descreve a textura “Q” em meio a receitas de bolos de peixe e mochi de carne. “Os consumidores taiwaneses são quase tão preocupados com a textura de alimentos quanto são com o sabor”, escreve Erway. Pense nas bolinhas de tapioca no chá de bolha ou chá perolado (como também é conhecido), por exemplo. Embora haja uma enorme variedade de texturas que são celebradas em Taiwan, Erway diz que a característica elástica é esperada em alimentos como bolos de peixe e mochi. Um alimento com o fator “Q” não pode ser muito macio, e sim um pouco firme e um pouco elástico. Ou seja, algo próximo de um atributo ruminável ou mastigável. A chef Aida Mollenkamp compara a textura “Q” a “um marshmallow ou um gusano gomoso de boa qualidade.”

TexturômetroSe você está coçando a cabeça por não compreender a letra “Q” no lugar de um ideograma chinês, você não está sozinho. O “Q” (pronunciado como kiu no idioma chinês, da mesma forma que é pronunciado no inglês) é derivado de uma gíria recente, disse Erway ao The Huffington Post. Quando e como a letra foi adotada para a descrição de características específicas da textura de alimentos não é inteiramente claro, mas você será capaz de vê-la hoje em alimentos embalados como macarrão, mochi, em menus e até mesmo em nomes de loja.

Um alimento popular que constitui um bom exemplo de textura “Q” é o bolo de peixe. Em Taiwan e outras partes do leste da Ásia, os bolos de peixe não encarnam a característica pesada e flocada da gastronomia ocidental quando pensamos em bolos de caranguejo ou rissóis de salmão, por exemplo. Eles são macios e mastigáveis. Se eles estão bem feitos de acordo com a tradição local, eles são “Q!” Conseguiu pegar o jeito da coisa?

Existem também bolinhos de peixe, que podem ser similarmente macios e mastigáveis. Ambos são feitos de pastas à base de peixe e, por vezes, uma combinação de carne e peixe em uma mesma pasta. As pastas são compostas por filé de peixes sem espinhas, além de pedaços de carne e de peixe que, de outra forma, não seriam comidos. A pasta é então estruturada em vários formatos e tamanhos.

Tigela de bolinhas de peixe com macarrão

Na cozinha taiwanesa você vai encontrar bolos e bolinhas de peixe flutuando no caldo, na sopa de macarrão, ou fritos e comidos com um molho doce e azedo. Erway explica que as texturas gomosas são tão populares entre as crianças que os peixes são agora vendidos em uma variedade de formatos e cores brilhantes, como um bolo de peixe Hello Kitty, por exemplo. Enquanto você pode comprar pasta de peixe e moldar suas próprias bolinhas de peixe, a compra do produto já pronto para consumo é comum. “Muito parecido com cachorros quentes e salsichas”, escreve Erway em seu livro, “essas carnes processadas são complicadas de produzir em uma cozinha residencial, mas amplamente disponíveis em supermercados”.

Tais especificidades em termos de textura de alimentos, por mais que pareçam complexas de serem alcançadas e, mais dificilmente ainda, replicadas de forma consistente em escala industrial só são exequíveis mediante a utilização de texturômetros. Os texturômetros da Stable Micro Systems, por exemplo, são amplamente utilizados na indústria alimentícia asiática, atendendo as bem conhecidas exigências da cultura oriental. Devido à sua extrema precisão e praticidade, até os detalhes mais complexos podem ser reproduzidos, mesmo na hipótese de sua equipe de marketing descobrir que existe uma forte demanda para o consumo de comida taiwanesa no mercado regional brasileiro!  Ainda que, muito provavelmente, não seja esse o caso do seu negócio, é possível tomar os exemplos aqui descritos para desenvolver ou diferenciar os produtos existentes que a sua empresa tanto necessita!

Analisador de Textura

A Stable Micro Systems oferece uma família de diferentes Texturômetros projetada para as necessidades específicas de setores, indústrias e instituições mais exigentes do mundo. Dependendo do tipo de força requerida ao testar materiais com espessura e tratamento variados, pode ser necessário utilizar diferentes tipos de equipamentos. Para materiais que excedem os 50kg de força, recomenda-se o uso do Texturômetro TA.HD Plus, o qual é recomendado para forças de até 750kg (conheça mais a nossa linha de equipamentos em nosso website).

Um extenso portfólio de acessórios especializados está disponível para medir e analisar as propriedades texturais de uma enorme variedade de produtos e materiais. Ainda assim, se a sua necessidade for muito específica ao ponto de não encontrar qualquer dispositivo capaz de atendê-la (verifique as soluções disponíveis no menu APLICAÇÕES de nosso site), nossos engenheiros podem projetar probes ou acessórios personalizados com as suas especificações. Não só podemos desenvolver o método mais adequado e preciso para a sua amostra, mas também podemos preparar os procedimentos de análise que obtêm os parâmetros desejados de sua curva e disponibilizá-los em uma planilha ou relatório concebidos em torno de suas necessidades.

Uma vez que sua mensuração é realizada, a nossa experiência em sua interpretação gráfica é incomparável.

Ninguém entende sobre análise de textura como nós!

Para maiores informações sobre como os Texturômetros da Stable Micro Systems podem fazer toda a diferença na sua empresa ou instituição, entre em contato com os engenheiros da Extralab Brasil por e-mail:contato@extralab.com.br ou telefone: 11 4524 2414.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s